Livro Online Gratuito


Minicontos
Marcelo Spalding

 

Oficina de Criação Literária

  MINICONTOS EM DESTAQUE

Depois

Na xepa da feira cheirosa, onde transitavam sacolas gorduchas, uma mão se enroscava na dela e a outra escolhia a fruta que uma boca roubaria da outra na cama que esperava. Sorriu de rabicho, imaginando o próximo capítulo sem intervalos. Pegou mais uma manga. E outra, e outra.



(Renata de Figuiredo Vivacqua)

Subjuntivo

Minha vida no modo subjuntivo:

- Quando der certo, aviso. (Rodolfo Barroso)

Desorientação

- Não, mãe! Minha orientação sexual é outra.

- Mas como se eu te orientei pra gostar de mulher? (John Soares Cunha)

Dilemas

Uma nova estrela no céu espiava a menininha faminta engolir lágrimas. (Janaína Bellé)

Metamorfose

Uma barata acordou transformada em um homem. As outras ao redor estranharam e correram, assustadas. Apenas uma permaneceu. Foi pisoteada, sem pena nem dó, pelo ex-companheiro, agora "humano".

(Roberto Passos do Amaral Pereira)

Primeira Aula de Português

- Continuando. Texto conotativo é aquele com sentido figurado, subjetivo, poético.

- Dá um exemplo professor.

- Constituição Federal, art. 5º, todos são iguais perante a lei. (John Soares Cunha)

Brincando de vida

Enquanto a mãe apanhava do padrasto na cozinha, no chão do quarto, a filha fazia a boneca mandar o companheiro embora, para depois voar, sozinha pelo céu, montada em um unicórnio de pelúcia. (Fran Pigosso)

Homens de preto

Quando a prostituta Valentina morreu, as esposas se reuniram para uma missa em ação de graça. Já os maridos, estes vestiram preto. (Patricio Albuquerque)

Gramática

O assunto da aula foi sujeito e oração. Quando chegou em casa, o sujeito foi orar. (Patricio Albuquerque)

Metamorfose

Era 100% entrelinhas. Virou poesia. (Maria Regina Caetano Soares)

mais minicontos


Site desenvolvido pela Editora Metamorfose