Livros


Minicontos
Marcelo Spalding



Minicontando
Ana Mello

Oficina de Criação Literária

  MINICONTOS EM DESTAQUE

Filme

De tanto ver histórias amargas na tevê, Ana se transformou em seu próprio filme, com histórias doces. (Janaína dos Santos)

Farda

Arrumou a farda, colocou o chapéu e disse:

- O papai volta logo.

Isso faz dezessete anos. (Aline Rodrigues)

De novo

Caixa de papelão, sacos plásticos, tinta fresca e uma recomeço. Uma nova vida para se iniciar. (Aline Rodrigues)

Torrente

O guarda-chuva não protegia seu rosto da torrente que brotava dos olhos. (José Vecchi de Carvalho)

Grades

Cercou-se de todos os lados; armou-se com todas as armas; trancafiou a vida até morrer de medo.
(José Vecchi de Carvalho)

Palavras

Ela leu todos os livros da biblioteca: Livros de amor, de dor, de sangue e contos sem sentido. Declamou as mais belas poesias, estudou a vida de seus escritores favoritos, estudou literatura com os melhores. Fez o script da sua vida como ninguém o faria. Leu sua biografia com todo esmero. Mas não conseguiu ler o que a ela foi dedicado: seu epitáfio. (Lorena de Souza Fontoura )

As frustrações não são eternas

- Professora, o que aconteceu com a raposa depois que ela desistiu de pegar as uvas verdes?
- Ah! Ela encontrou alguns pés de amoras silvestres bem madurinhas que deu para alimentar todas as suas raposinhas e viveu feliz para sempre. (Erdevaldo do Nascimento Oliveira)

Sessão Espírita

Morreu, mas passa bem. (Gilmar Caldas Peres)

Desconfiança

Sorrateiramente, ela desbloqueou o celular do marido e a vizinhança acordou logo em seguida.

Era pior do que sua mãe desconfiava. (Gilmar Caldas Peres)

Cidade Náufraga

Todos corriam encharcados pela cidade naufragando, perguntando‐se por onde andava o Capitão. (Gilmar Caldas Peres)

mais minicontos


Site desenvolvido pela metamorfose agência digital - sites para escritores


 

 

.