Livros


Minicontos
Marcelo Spalding



Minicontando
Ana Mello

Oficina de Criação Literária

  MINICONTOS EM DESTAQUE

Desequilíbrio

Equilibrava-se nas linhas dos poemas que escrevia
reexaminava mensagens, áudios, um pequeno vídeo e fotos.
Sorria sozinho, ouvia várias vezes último romance de Los Hermanos. E sempre tropeçava na palavra saudade. (Lui Tinoco)

Estratégia

Pela décima vez, serviu-lhe um copo de suco com uma pitadinha de ódio dentro.
(Geraldo Lima)

Melancolia

O sol nasce, mas quando abro os olhos ainda é noite. (Larissa Prado)

Poder

Ao despertar, percebeu que tivera um sonho premonitório. (Paola Rodrigues)

Cuidado

Feche a janela, há uma profusão de raios, e eles podem lhe atingir. Tire a roupa, o calor está insuportável, tome um refrigerante, um suco, ou água gelada, ou espere que a chuva te refresque. Leia O Corvo, ao sentir as rajadas de vento na janela, e quando a chuva vier, fotografe a tempestade. (Girvany Aparecido de Morais)

Solidão

— Oi, mãe. Alguém ligou?
— Não. Nenhuma ligação.
— Ligar TV da sala.
— Comando executado. TV da sala ligada.
— Obrigado, mãe. (Arnaldo J B Antunes)

Hora do Jantar

Irrompeu o restaurante lotado e gritou: “Fogo! Fogo! ” Correria de pânico encerrada, sentiu-se enfim livre para escolher uma mesa e pedir sua refeição.
(Francisco Silva Guerreiro)

Enterro

Foi a primeira vez que ele comprou flores para a esposa. (Bruno Duarte )

Passional

Perdeu a cabeça.
Mas livrou-se do corpo. (Bruno Duarte )

Ócio

Tinha vários sonhos.
Mas vivia dormindo. (Bruno Duarte )

mais minicontos


Site desenvolvido pela metamorfose agência digital - sites para escritores


 

 

.