Livros


Minicontos
Marcelo Spalding



Minicontando
Ana Mello

Minicontos

96 horas

O despertador toca.
Ele assusta.
Os olhos abrem, a cabeça começa a funcionar, porém o corpo não responde como deveria.
Ela ainda dorme.
Ele finalmente levanta e cria coragem para uma ducha gelada, luzes apagadas.
Ele volta. Ela está acordada.
Só um dos olhos abertos, bocejo disfarçado em sorriso, corpo retorcido em meio aos lençóis.
- Vai sair? – ensaiou a pergunta com a voz ainda trêmula.
- Sim, preciso resolver algumas coisas.
- É demorado?
- Não, coisa rápida. Na verdade eu nem deveria sair, tenho que ficar aqui, né.
- Ok, então veja se não demora mesmo, meu amor.
“Meu amor”, ele pensou com uma risada nervosa. A expressão vinha áspera, não fazia parte dos planos e não gostava nem um pouco de como as coisas caminhavam. Em meio àquele mix de irritação, estranheza e indecisão, olhou para os lados certificando-se de que estava tudo calmo, trancou o cativeiro e saiu.

André Rafanhin
02/01/2013

 

 

Site desenvolvido pela metamorfose agência digital - sites para escritores


 

 

.