Livros


Minicontos
Marcelo Spalding



Minicontando
Ana Mello

Minicontos

O Criador de cabras

Samir era conhecido nas montanhas da região por criar cabras. Mas a fama que ele realmente gostava não vinha das cabras, mas das montanhas.

Na última década, aquelas montanhas passaram a abrigar o que Samir carinhosamente chamava de “turistas”. Primeiro foram os refugiados da Al Qaeda, seguidos de perto por alguns batalhões norte americanos. Quando eles chegaram, todos fugiram por suas vidas. Menos Samir. Afinal, sua vida eram as cabras, e elas gostavam dali.

E no auge de seus quarenta anos, sendo vinte e sete deles como criador de cabras, ofício que aprendeu com seu pai, que havia aprendido com o pai deste e assim por diante, Samir acordou bem cedo, antes do Sol, e saiu com suas cabras para pastar. Minutos de calmaria depois, as cabras começaram a correr, como se tivessem resolvido assim, do nada, mudar-se dali como todo mundo.

Silencioso como o lobo descrito nas fábulas, um helicóptero observava Samir e suas cabras há algum tempo, e acabara de receber a confirmação de que aquele era um dos refugiados. E estava criada a confusão.

Mas Samir nunca criou confusão.

Só cabras.

André Rafanhin
02/01/2013

 

 

Site desenvolvido pela metamorfose agência digital - sites para escritores


 

 

.